Dicas para você nunca mais ter medo da redação, por Diogo Alves

Caros estudantes,

Sei o quanto muitos de vocês têm medo ou receio da tão “temida” redação discursiva. Articular o tempo de prova (com em média 120 itens) e ainda produzir um texto de 30 linhas pode parecer, de início, uma tarefa muito complicada. Porém, tenho uma excelente notícia a vocês: é possível, sem dúvida, ganhar tempo e ainda deixar a redação repleta de conteúdo.

Uma dica que sempre forneço em minhas aulas (tanto online quanto presenciais) é a seguinte: ao abrir a prova, vocês deverão ir imediatamente à redação: leiam atentamente as instruções e comecem a escrever palavras-chave sobre o tema; em seguida, formem frases simples, que, por sua vez, deverão ser organizadas em períodos e parágrafos. Aí vocês me perguntam: “Professor, logo no início da prova?” “Sim”. Aproveitem que a mente ainda está “fresca” e vocês não estão cansados. Planejem o rascunho por meio da “Brainstorming” (termo em inglês que significa “tempestade de ideias”, muito usado em reuniões de empresas, que consiste em dizer tudo o que se pensa sobre determinado assunto). Posterior a isso, já deixando o rascunho “recheado” de informações, procedam aos itens da parte básica e retornem, sempre que possível, à discursiva.

Para que isso dê certo, é fundamental, antes de tudo, TREINAR. Façam esquemas mentais (árvores, setinhas, palavras essenciais, desenhos…) que possam servir de suporte na hora de montar um texto. Antigamente, muitos usavam o famoso DIÁRIO (aquele pequeno caderno em que tudo sobre o dia a dia era relatado, sabe?) e eu recomendo, ainda hoje, que essa atividade volte a fazer parte do seu cotidiano, visto que escrever sobre si não é tarefa fácil e, por meio do treino, logo logo será mais fácil redigir sobre temas amplos, como Saúde e Meio Ambiente, Drogas, Violência, Infraestrutura Urbana, Política Internacional, entre outros assuntos que ganham destaque em provas de concursos públicos. Além disso, temos aí a INTERNET que tanto serve para nos ajudar (ou atrapalhar rsrsrs) acerca de pesquisas relevantes de conteúdos que possam nos agregar conhecimento!

Por fim, pesquisem notícias em sítios, como BBC Brasil, Estadão, Carta Capital, Folha de São Paulo, Correio Braziliense, G1, UOL, entre outros que sejam confiáveis e não se esqueçam de fazer resumos (o seu diário de redaçãoé imprescindível). Comece escrevendo sobre si qualquer coisa. Escrever exige treino incessante (para começar, uma redação por semana ficará bom). Conforme você for pegando a “manha”, faça duas, três… Certamente, seguindo essas dicas simples, a redação não mais será um problema! Ah, e para terminar nosso papo, sugiro que conheçam o Projeto Redação Sob Medida: aulas online com correção individual, gráfico de evolução individual, aulas ao vivo, bate-papo com interação, fórum de dúvidas, entre outras ferramentas pensadas para que vocês obtenham a nota máxima em redação. Os modelos de redação trabalhados no projeto são baseados em textos padronizados fornecidos pelas maiores bancas do país (Cespe, FCC, ESAF, entre outras).

Um abraço e bons estudos!

Prof. Diogo Alves – Coordenador e Professor do Projeto Redação Sob MedidaGran Cursos Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *