Gran Cursos: A máquina de realizar sonhos!

“Pra quem ainda está na luta, eu aconselho a nunca perder a fé e confiança em si mesmo. Seja perseverante; concurso público é uma fila que anda pra quem não desiste. Não é para passar, é até passar”

A conquista da carreira pública não é uma tarefa fácil. Os concurseiros de plantão sabem muito bem disso. Antes de tudo, é preciso muito esforço, dedicação, determinação e, principalmente, a certeza de que nada é impossível. Ter persistência e não desanimar diante dos fracassos são ingredientes fundamentais que, certamente, te ajudarão a seguir em frente e vencer os desafios.

Foi exatamente o que a concurseira Juliana Amorim fez. Passou por cima das dificuldades e conquistou seu lugar “ao sol”, conquistou seu lugar no serviço público. “A caminhada até aqui não foi fácil, passei por inúmeras dificuldades: abri mão da convivência familiar, dos momentos de lazer, a tristeza de ver as reprovações, o cansaço físico e mental, a falta de dinheiro. Mas, mesmo diante dos piores obstáculos, eu alimentei minha fé de que eu conseguiria aquilo, e que quanto mais eu me esforçasse, mais próxima eu estaria da vitória”, afirma.

Natural de Pirenópolis–GO, Juliana se formou em fisioterapia no ano de 2008 na cidade de Anápolis–GO. Diante da possibilidade de maiores chances de emprego, Juliana resolveu vir trabalhar em Brasília, mas logo percebeu que seu destino era outro. “Durante quase três anos, atuei na minha área de formação e fui percebendo que não era aquilo que eu queria pra mim: muito esforço, pouco reconhecimento, muito trabalho e pouco dinheiro. Enfim, me decepcionei completamente”, lembra.

“Nesse meio tempo, conheci vários servidores públicos e o mundo dos concursos que é Brasília, pois até então, com meu humilde conhecimento interiorano, não tinha ideia do que era tudo isso. Foi quando uni a decepção com a profissão à vontade de pertencer a esse mundo. Abandonei a carreira, fiz um planejamento financeiro, e procurei o cursinho que foi mais bem indicado: o Gran cursos”, declara a concurseira.

Preparação

“No início, me matriculei nas plêiades, que são os cursos por matéria. Comecei do zero mesmo, e a escolha dos cursos foi decisiva para minha evolução, pois as aulas foram ministradas por excelentes professores que me ajudaram muito. Eu assistia às aulas, fazia resumos de tudo e no dia seguinte muitos exercícios. Nas vésperas das provas, me matriculava nos aulões para reforçar ainda mais o conteúdo. Foi assim por cerca de dois anos. Muito esforço e logo os resultados começaram a surgir”, ressalta.

Aprovação

Juliana enfrentou várias dificuldades, mas todo esforço valeu a pena, pois ela conseguiu ser aprovada nos concursos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), TRT 10ª região, TJDFT e no Ministério Público da União (MPU), onde foi nomeada e já está trabalhando na Procuradoria Geral da Republica (PGR).

“Pra quem ainda está na luta, eu aconselho a nunca perder a fé e confiança em si mesmo. Seja perseverante; concurso público é uma fila que anda pra quem não desiste. Não é para passar, é até passar”, garante a servidora pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *